Ser longevo é acumular bons momentos de vida

Durante o V Forum da Longevidade, esteve pela primeira vez no Brasil o cardiologista e geriatra Dr. Makoto Suzuki, diretor do Okinawa Research Center, pioneiro no estudo da longevidade no Japão. Okinawa tem sido objeto de interesse dos cientistas por ser a localidade onde as pessoas vivem mais em todo o planeta. Em 40 anos, o número de pessoas com mais de 100 anos aumentou 30 vezes na ilha japonesa. Makoto estuda seus habitantes há mais de 30 anos e suas observações demonstram que alimentação, trabalho, família, religiosidade e alegria de viver são os fatores responsáveis por esta longevidade.

Além da escolha de alimentos saudáveis, a forma como eles são preparados também é importante – sem gordura, com pouco sal ou açucar, nada de enlatados ou embutidos e manteigas; o trabalho mantém a mente ocupada e faz com que a pessoa com mais idade continue se sentindo útil; as relações familiares e as amizades fortalecem o emocional; a religiosidade e o respeito aos antepassados são o combustível para enfrentar a vida com fé, alto-astral e otimismo.

O dr. Makoto Suzuki terminou sua palestra citando que “ser longevo é acumular bons momentos de vida.”

V Fórum de Longevidade Bradesco Seguros

Uma resposta to “Ser longevo é acumular bons momentos de vida”

  1. bete Says:

    muito interessante

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: