Carta de Apresentação

Neste ano de centenário da imigração japonesa no Brasil, gostaríamos de apresentar-lhe nosso projeto de documentário. Trata-se de um filme que tem como objetivo contar a história do imigrante de Okinawa no Brasil, narrada pelos próprios imigrantes e seus descendentes, e que pretende contribuir para a reflexão sobre o futuro da comunidade uchinanchu no país e sobre o lugar da tradição no contexto da globalização.

A idéia do documentário surge da percepção de que nossos odiisans têm muita história para contar e são raras as vezes que nós, jovens, sentamos para escutá-las. Consideramos essencial resgatar e registrar as histórias de vida e memória oral dos nossos odiisans imigrantes que são, de alguma maneira, a nossa história. O documentário é um meio privilegiado para isso, porque permite apresentar as trajetórias de vida contadas pelos próprios imigrantes, enriquecidas com imagens e outros depoimentos, além de ter uma capacidade de difusão evidente.

Entendemos que o projeto é uma boa oportunidade para introduzir ao público brasileiro e nipo-brasileiro as particularidades da cultura uchinanchu e as especificidades geradas pelo seu processo de integração no país. Por isso, pretendemos divulgar o filme não só na comunidade japonesa, mas também em festivais e mostras que atinjam um público mais amplo.

Esperamos, por fim, gerar um ambiente de troca entre gerações e entre culturas, essencial para a construção da identidade do okinawano, mas também imprescindível para a reinvenção da nossa cultura hoje.

Tags:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: